22 abril 2008

8 desejos antes de morrer...

Este post será um um pouco diferente do usual... Recebi a tarefa de um dos meus blogs favoritos, Na Ponta dos Dedos, de fazer uma lista com oito desejos que eu gostaria de realizar antes de morrer. E levando em conta que o Oráculo de Lesbos tem como proposta falar de filmes e seriados lésbicos resolvi responder essa pergunta tendo esses trabalhos como inspiração. Então aí vai minha lista de oito desejos:

1- Saving Face
Gostaria de beijar minha namorada, mas beijar mesmo, nao ficar só pertinho ou de mão dada, no meio de uma festa com familiares. E se as pessoas ficassem chocadas e começassem a sair, nós olharíamos uma pra outra e diríamos "Fuck them!", como fizeram Vivian e Will.
Sim, já estou chegando perto disso, em festas mais íntimas já vamos como casal, super comportadas diga-se de passagem, mas em festas com familiares mais distantes já recebo logo de cara mil recomendações dos meus pais de como não deveria me expor e blá blá blá...



2-Better Than Chocolate
Unir sexo e arte.
Uma das cenas mais clássicas deste clássico dos anos 90 é a cena de sexo onde elas fazem uma pintura usando os corpos nus e tinta. Preciso dizer mais alguma coisa?







3- High Art
Tirar o retrato perfeito do momento perfeito com a minha namorada, algo que realmente capture a nossa intimidade.
Só que no meu desejo eu quero isso sem a parte das drogas é claro... e o nosso retrato nem precisa parar na capa de uma revista importante, só a parede está mais que bom...





4-Itty Bitty Titty Committee
Fazer um protesto público contra o mundo machista e seus símbolos patriarcais. Meu lado feminista vibra muito com esse filme e com essa idéia...








5-South of Nowhere
Esperar minha namorada usando apenas um sobretudo...
Pra ser sincera acho que vou realizar esso logo logo... que ela está na Inglaterra há mais de sete meses e volta agora em junho.... [estou contando os dias já... porque o tempo demora tanto mais pra passar quando a gente espera alguma coisa com vontade? hmf]







6-The Truth About Jane
Ajudar alguém a se assumir, como a professora de Jane, Mrs. Walcott, faz.
Tudo bem, eu confesso, já realizei esse. Já ajudei duas meninas a se assumirem, mas o desejo ainda é válido, porque quero fazer isso muito mais vezes antes de morrer. A sensação de ajudar alguém nesse momento tão delicado da nossa vida é muito boa, e me sinto muito feliz por já ter feito uma diferença positiva na vida delas.






7- If These Walls Could Talk 2
Ficar grávida.
Ainda falta muito, mas muito tempo mesmo, pra realizar esse, ainda bem que não corremos risco de engravidar por acidente, porque definitivamente não estou pronta pra isso... mas quero sim ser mãe algum dia, de preferência do jeito gostoso que a Ellen Degeneres e a Sharon Stone fizeram, ao som de Dido... hihihi
Tem outro filme ótimo sobre isso que se chama Chutney Popcorn, que também espero comentar no blog logo.





8-The Laramie Project
A última coisa tem a ver mais com após a minha morte que com antes. Quando morrer, gostaria de ter vivido uma vida que tenha afetado positivamente as pessoas ao meu redor e, se eu não tiver alcançado isso, que pelo menos minha morte sirva para trazer algum bem a esse mundo.
Claro que não precisa ser trágica nem nada, não precisa ser exatamente igual à do Matthew, não é isso que estou dizendo... só quero deixar um legado positivo, de uma maneira ou outra.



Agora teoricamente tenho que passar a tarefa a mais outros oito blogs, mas como o Uva na Vulva e o Na Ponta dos Dedos já cobriram a maior parte dos meus favoritos, só consegui pensar em mais cinco... nessa horas sempre me falha a memória... mas quem me conhece melhor sabe que minha memória é bem ruinzinha mesmo... hahahahaha Fica aí então a tarefa pros blogs seguintes:

Gay e Ok
Sapacity
Alice's Adventures on Lesboland
ByDeh
Escreva Lola Escreva [não é lésbico, mas é ótimo, e super gay-friendly]

15 comentários:

claudia guay disse...

virge maria!
tô lascada! haha
eu adorei as suas 8 escolhas da 7a arte, Renata!
pode deixar que vou caprichar na minha lição de casa, mas necessito de prazo...plis! hehe!
bjs!

Alice disse...

Desafio aceito, agradeço a lembrança do nosso blog.
Até o fim da semana teremos respondido.
Beijos!

lola aronovich disse...

Ai, ai, olha o tamanho da encrenca que vc foi me arranjar, Rê! Mas tudo bem, eu faço. Amanhã coloco no blog.
E sobre os seus 8 desejos, todos me parecem muito legais. Menos o primeiro, mais ou menos. Quero dizer, assumidas na frente da família vcs já são, certo? Pra que querer dar um super beijo e amasso em público? Não é preconceito não. Pensa só, se vc fosse hetero, daria um super amasso no parceiro em frente da família? Sei lá, assim como a gente não quer pensar nos nossos familiares transando, acho que eles também não querem pensar em como a gente é na cama. Acho que tem que respeitar. Andar de mãos dadas, beijinhos inocentes, muitos carinhos e tal, tudo bem fazer em público. Mas altos amassos? Pensa no outro lado. Infelizmente, a maior parte das suas tias não deve transar há anos, ou por falta de parceiro(a), ou porque parou de gostar da coisa, ou porque nunca gostou. É triste, mas acontece com um monte de mulheres depois da menopausa (e às vezes antes). Essas pessoas sentem-se muito desconfortáveis com demonstrações mais explícitas de afeto. Não convém chocar essas pobres almas. Acho até meio cruel, pra falar a verdade.
E que legal que a Ju já tá quase de volta! Acho muito bonita a história de vcs.
Abração da Lola
www.escrevalolaescreva.blogspot.com

Renata disse...

Então Lola, não é bem ficar de amassos, porqeu eu super não sou disso. Mas é uma coisa que se for pensar os héteros fazem sim, se tem um casal dançando numa festa eles super vão se beijar de vez em quando, ou o exemplo que nós sempre usamos é que quando estamos assistindo um filme na casa dos nossos pais o irmão da ju e o meu quando estão com as respectivas namoradas ficam como casal de namorados, super normal, e nós acabamos ficando super comportadas sempre... por respeito aos nossos pais... e odiamos isso. Tem muito uma autocensura, e isso também é super chato. Mas a gente sente como se fosse algo do tipo "te aceitamos, mas por favor não façam nada que nos lembrem que são lésbicas". Na verdade não sei se algum dia terei coragem de fazer isso, mas como é pra ser um desejo pra realizar antes de morrer, que pelo menos no meu casamento eu possa ter essa liberdade, e fodam os outro mesmo nessa hora!

A tarefinha foi mesmo de brincadeira, não precisa fazer não... odeio impor essas correntes nos outros, sinta-se livre ok?
Aliás, tava pensando em como você arranja tempo pra fazer tudo que faz e não encontrei de jeito nenhum seu segredo.
Um abraço,
Renata

Aranel disse...

Muito, muito, muito, muito bom! A maneira como você relacionou seus desejos à arte cinematográfica fez essa reunião digna de Oscar e em mais de uma categoria! Realmente, bastante gratificante ver a maneira como essa tarefa ganhou a essência do seu blog (que, em verdade, reflete você!).

Um grande beijo e certamente retorno para outras visitas!

PS.: Espero que a sua namorada chegue logo para você concretizar certo desejo rs... ando planejando alguns também para a minha! Novos beijos, Aranel (blog Na Ponta dos Dedos).

lola aronovich disse...

Bom, Renata, pra mim o seguinte: se o seu irmao hetero e a namorada dele se beijam na frente dos seus pais, vc tem mais eh que beijar a Ju tambem. Sei que eh uma droga, porque claro que tem um double standard. Mas vc nao acha tambem que eh um gender thing? Tipo, se vc fosse hetero (se eu disser isso mais uma vez pode me mandar catar coquinho) e estivesse com um namorado, na frente dos seus pais, eles nao achariam muito mais aceitavel que seu irmao, por ser homem, beije a namorada, mas vc, por ser mulher, a filhinha querida dos olhos deles, teria que se comportar? Nao sei... E so pra sua informacao, so porque casais heteros se amassam em festas, nao quer dizer que as tias frustradas nao os condenam. Acho que odeiam qualquer amasso. Eu acho que todos os casais, homos e heteros, tem mais eh que se beijar de vez em quando. E, sinceramente, eu por mim nao ligo. Ate gostaria de ter mais liberdade pra beijar o maridao como e quando bem entendesse. Mas a gente precisa respeitar um tiquinho quem vai se chocar, so pra evitar atritos. Agora, por favor, ne? No seu casamento vale tudo!
A resposta pra como eu arranjo tempo pra fazer tudo eh que nao estou fazendo nada. Nada, nada. So o blog. Minha tese ta com 3 meses de atraso e meus orientadores devem estar se preparando pra me linchar.

Gay e OK disse...

ADOREI!
Ainda essa semana eu posto a resposta ;oD

Renata disse...

Bom, só levei namorado pra casa uma vez, e eu tinha treze anos, então acho que nem conta. Mas não acho que se fosse hétero seria a mesma coisa, primeiro porque eu não sentiria ansiedade dos meus pais em relação a isso, e segundo porque não teria a antecipação do constrangimento, que é uma coisa que sempre me irrita, porque sempre gera uma autocensura nada saudável. Mas estamos sim tentanto ser mais nós mesmas pelo menos nessas situações mais íntimas, só que é um processo meio lento.

Quanto ao seu tempo fico até feliz de ouvir que você é normal... não conseguia imaginar como você escrevia mais de um post por dia, via todos esses filmes, lia livros, via palestras, e ainda escrevia a sua tese. Super-Lola! Ainda mais que eu sou o oposto disso, só consigo fazer uma coisa por vez, e meu cronograma foi refeito muitas e muitas vezes, tava sempre atrasada... que posso dizer? Eu sou daquelas que gosta de entregar tudo em cima da hora... é até inevitável pra mim...

Um abraço,

nita disse...

Olá, achei você no blog da Lola, que por sinal ando lendo diariamente.
Você é jornalista... Eu pretendo ser uma, se tudo correr conforme o planejado.
E esse seu post acabou vindo parar em mim, graças a Lola...

Suas ambições, adorei elas.
É bom saber que você é assumida e tudo o mais e quer mostrar para todo o mundo que não tem problema algum. Porque sinceramente é extremamente frustrante que as pessoas não respeitem as outras do jeito que elas são.

Bom, vou começar a te visitar frequentemente a partir de agora, gostei daqui

Alice disse...

Desafio aceito, desafio cumprido.
Louca para ver o que os outros blogs que você listou vão escrever...

missgray disse...

Renata, adorei a lista!!!
Pena que na cidade onde moro, só acharei estes filmes fazendo download.
Beijão!

Persona disse...

hummm... até que as suas escolhas são bem possíveis e relativamente fáceis... exceto a última, é claro!rs
De qualquer maneira, esse é um desejo de TODOS OS SERES HUMANOS, mesmo que você jure que aquele chato que te infernizava na quinta série deva ter virado um psicopata que está pouco se lixando pra tudo, TODOS gostariam de fazer algo muito bom e que ajude/inspire muita gente... inclusive eu!
Gostei do blog! Pendure sua calçola la no meu: www.calcinhasnobox.blogspot.com
Beijos

claudai disse...

publiquei!
veja lá!
bjs

Gisele Batalha disse...

Amei...inteligente, divertida e ousada...amei

Quinha disse...

Oi Renata...
gostei muito dos comentários e dicas dos filmes.
Confesso que nunca tive a curiosidade de acessar paginas Lés..rss..
Mas olha amei, isto significa que vc. tem mais uma leitora assidua...
Continue assim, usando sua inteligencia e essencia, afinal nada melhor do que expressarmos aquilo que acreditamos.... bjs.